close

Rotas

CustosExperiênciaRotas

Evite Entre Ríos, Argentina

entre-rios

A província de Entre Ríos se encontra a só 495 km. de Buenos Aires, tomando como referência a Paraná, a sua cidade capital.

É uma das províncias mais características do Litoral, que hospeda cidades cheias de riqueza natural, arquitetônica e espaços rurais que oferecem um leque de propostas para desfrutar.

Como seu nome o indica, está abraçada integralmente por cursos fluviais majestosos e pitorescos como o Paraná, o Uruguai, o Gualeguay e o Gualeguaychú, o que a torna um cenário ideal para a pesca e a caça esportiva. Goza da fortuna unânime das águas abundantes, que aparecem vitais nos seus arroios, lagoas e rios, e que surgem cálidas desde as suas entranhas formando os reconhecidos centros termais da província.

Na real NÃO evite Entre Rios, VISITE SIM, principalmente pelos motivos citados a cima. Mas evite a RUTA 14!!!!!!!! Uma das vias principais de Entre Rios que percorre quase toda sua lateral.

E porque não pegar a Ruta 14. Bom a alegria de entrar na Argentina acaba quando você fica de 700 a 3000 pesos a menos na carteira. E por conta da Ruta 14 o Brasil não é nem de longe o país mais corrupto que você vai conhecer.

Antes mesmo de 2014 é possível ler muitas coisas sobre os policiais corruptos da Argentina. Depois de muitos anos cobrando suborno dos motoristas, foram dadas notícias que a corrupção havia acabado e que todos poderiam viajar despreocupados.

Infelizmente até hoje muitos ainda veem com os próprios olhos que a corrupção não acabou, os policiais da ruta 14 continuam pegando dinheiro dos motoristas, principalmente dos brasileiros, de forma ridícula e descarada.

Nós que somos brasileiros e somos “acostumados” com corrupção com certeza ficamos surpresos da forma com que agem, são irônicos e  tiram sarro na cara, como se fossemos idiotas.

Não é difícil ver relatos de pessoas que são parados a cada 100 km por bloqueios da Polícia de Entre Rios, eles param todos os carros  que não são Argentinos, principalmente os Brasileiros. A regra é exigir coisas que não existem e que não é necessário perante a lei, onde te chamam para uma salinha ou para encostar seu carro, para que assim, te pressionam, ameaçam dar multas altíssimas e pedem um valor em dinheiro vivo para liberar o carro.

E como você será parado! Você poderá ficar sem nenhum único centavo. E por motivos banais, como exigir faixas refletivas e adesivo com o limite de velocidade permitido para o carro, além de perderem dinheiro vão perder tempo de viagem pois os policiais vão querer tirar dinheiro de qualquer forma, te deixando parado por 40 minutos ou até mais tentando negociar o preço do suborno.

Você até pode estar errado em alguns casos… como não ligar o farol. Mas nenhum policial vai te dar uma multa correta, como qualquer policial honesto deveria fazer, eles vão querer dinheiro vivo ali na hora.

Depois da Capital Buenos Aires os policiais corruptos não aparecem mais, então se você está pensando em ir de carro para Argentina tente não pegar  a ruta 14, não há nada de interessante para se ver no caminho e com certeza você vai perder alguns pesos para a polícia corrupta. O ideal seria descer do Brasil para o Uruguai e cruzar para Argentina de balsa (buquebus), assim dá pra evitar o suborno da ruta 14 e ainda dá para conhecer outro país.

Deixando claro que existem dois tipos de policiamento na ruta 14, os policiais de Entre Rios que são os corruptos, e os policiais da Gendarmeria que pelo contrario são super honestos e prestativos, com esses não há com que se preocupar, pelo menos não encontramos nenhum relato até o momento.

Agora se mesmo assim você quiser vir pra Argentina pela ruta 14, acrescente na sua planilha de despesas o suborno para os policiais, porque já virou algo cultural da Argentina, todos sabem mas ninguém faz nada para acabar com isso.

LISTA DE ITENS NECESSÁRIOS para tentar fugir dos subornos.

1- Seguro internacional Carta Verde;

2- Extintor de incêndio na validade;

3-  DOIS triângulos de sinalização;

4-  Kit de primeiros socorros;

5- Pelo menos um colete refletivo (para usar caso precise sair do carro durante a noite);

6- Um Cambão (pra guinchar o carro);

7- Um “cobre muerto” que nada mais é que um lençol branco especifico pra cobrir um morto em caso de acidente;

DICA IMPORTANTE

É OBRIGATÓRIO DEIXAR OS FAROIS ACESOS DE DIA E DE NOITE NAS ESTRADAS DA ARGENTINA E URUGUAI

Caso você viaje com algum veículo de porte grande, como uma van por exemplo, é necessário também:

– Fitas reflexivas brancas na frente e laterais do carro

– Fitas reflexivas vermelhas atrás do carro

– Adesivo reflexivo com marcação de velocidade máxima do veículo na parte traseira do carro

DICA EXTRA

Finja que foi chamado por alguém da secretaria de turismo da Argentina ou de qualquer prefeitura de uma cidade turistica(sim é errado mas provavelmente vai ajudar a não ter perdas financeiras além de possivelmente agilizar sua liberação), gere qualquer documento comprovando que você está falando a verdade… peça para um amigo te enviar um email falando que você esta sendo convidado para conhecer as cidades e ver como os brasileiros são recebidos… (se for verdade melhor ainda, pegue o numero de alguem que você possa ligar e falar que estar sendo subornado).

Veja alguns vídeos de pessoal que vivenciaram esse inconveniente:

https://goo.gl/MdAgYe

https://goo.gl/tTE855

 

Fonte: viagemdemototripdelicoviajante
Imagens: pexels stocksnap
Leia Mais